Cambuí Interativo: laboratório de inovação a céu aberto

Josu� de Menezes      quarta-feira, 11 de maio de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

Cambuí, bairro nobre em Campinas, irá se transformar no primeiro laboratório de inovação a céu aberto do Brasil, modelo que poderá ser replicado para outros bairros e cidades.

O site Bairro Interativo tem como proposta central colocar em prática conceitos de economia criativa e cidades inteligentes.

A formação de Redes de Cooperação entre os comerciantes, prestadores de serviços, empreendedores sociais, gestores de organizações empresariais e profissionais liberais é a essência desta visão que irá revolucionar o capitalismo, transformando-o em um sistema econômico compartilhado. Já existem pensadores que enxergam esta tendência.

O projeto nasceu da aliança entre duas startups de base tecnológica, a Aceleradora Mercados do Futuro e do Conecta Aqui, solução de Wifi Inteligente.

 

Ao unir Economia Criativa com a visão de Cidade Inteligente, surge o Bairro Interativo.

"Nossa ideia é reforçar a tecnologia como uma forte aliada das relações humanas para dar força a movimentos com propósito, sejam de fomento econômico, preservação ambiental, educacional e social", afirma Rodribo Bianco, idealizador do Conecta Aqui.

Os benefícios desta visão  são tangíveis: proporcionar economia para os frequentadores, otimizar tempo e facilitar conecções entre serviços e produtos de forma criativa.

 As promoções, descontos e vantagens aos frequentadores do bairro podem ser oferecidos em forma de jogos. 

Os idealizadores do Bairro Interativo imaginam transformar o bairro em um tabuleiro. Mas este sonho será implementado aos poucos, a partir do entendimento dos comerciantes.

Esta proposta tem a ver com "gamificação", um conceito inovador que está revolucionando a relação de trabalho nas grandes empresas e a forma como as pessoas estão se conectando em torno de causas, desafios, metas e valores de engajamento.  

 

Cambuí + Criativo
O bairro Cambuí reúne algumas características peculiares. Trata-se de um bairro tradicional e ao mesmo tempo inovador. 

Possui uma população de elevado poder aquisitivo e serviços de primeiro mundo, além de abrigar movimentos que ligam os três setores, Ongs, poder público e iniciativa privada.

É um terreno fétil para transformar-se em modelo nacional em bairro interativo, principalmente por estar em uma cidade do interior, tendo a grande chance de tornar-se exemplo e inspirar novas iniciativas do gênero, dando um recado que é possível reinventar a forma de viver e dialogar com o bairro, tendo a criatividade como maior ativo econômico e social.

Concurso de fotografia para retratar a arquitetura do bairro é um dos projetos que estão na pauta do Bairro Interativo.

 

Dinamização de Ecossistemas de Inovação
Esta ideia surge a partir do Projeto de Pesquisa financiado pelo CNPq, do GAIA CTI intitulado "Dinamização de Ecossistemas de Inovação de Pequenas e Micros Empresas".

A Rede Mercados do Futuro tem como diferencial o Jornalismo Digital comprometido com causas e valores da sustentabilidade, inovação e empreendedorismo, difundindo a cultura digital com tecnologias acessíveis.

 Com o jornalismo digital como aliado é possível destacar as vocações dos bairros e cidades com interesse em serem um laboratório de inovação.

na foto, professor Lima, Presidente da CIATEC, na Manhã da Inovação, evento que também é fonte de inspiração do projeto

 

Lab Mercados do Futuro
O projeto nasceu no Lab Mercados do Futuro, um encontro descontraído, espécie de oficina de criatividade. 

"Labs" é palavra cognata de Laboratório. Por enquanto os Labs Mercados do Futuro são mensais. 

No entanto, com o lançamento do site Bairro Interativo, a proposta é promover os encontros com maior frequência em formatos diferenciados de oficinas de cocriação.

Mercados do Futuro é uma marca conceito, não é um CNPJ.

Esse posicionamento é relevante pois unem as pessoas em torno de causas, valores e engajamento por propósitos, sejam eles para preservar as praças, motivar o consumo consciente, fomentar a economia local, melhorar a segurança e a mobilidade.

Essa é a essência da Nova Economia, ou da Economia Colaborativa que o projeto Bairro Interativo promove.

Com a experiência do Bairro Cambuí será possível que o modelo ganhe escala. 

Bairro Interativo nasce com a proposta de gerar parcerias com agências de comunicação, startups, Ongs, Instituições de Pesquisa, dentre outros atores. Inovação Aberta é o lema.

 

...................................................................

 

Empreendedorismo do Bem
Os aplicativos, metodolotias e soluções incubadas na aceleradora da Rede Mercados do Futuro são apenas o início do movimento que também é conhecido como Empreendedorismo do Bem, nome que remete a soluções para a vida em centros urbanos.

O projeto Empreendedorismo do Bem nasceu no ambiente da Unicamp, antes da Associação Campinas Startup, ACS, que também é parceira da Rede Mercados do Futuro.

Com um cardápio de soluções colaborativas nas áreas de mobilidade urbana, segurança, educação, saúde ambiental e agricultura, o site Empreendedorismo do Bem complementa o cardápio de soluções que tanto as empresas de varejo quanto organizações de grande porte podem adotar para ativar suas redes de clientes.

 

Rede de Parceiros
O projeto Bairro Interativo nasce forte, com rede de parceiros de peso, incluindo o CTI, Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, instituto de pesquisa vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação, REC - Rede de Economia Criativa, Assuma, Cestão Biodinâmico e Orgânico e Lab 60+.

Manhã da Inovação também é o ambiente de inspiração deste projeto. Os parceiros como SEBRAE, FACAMP, SOFTEX e Mackenzie Campinas, também somam forças.

 

Capacitação Continuada
Como a cultura digital é um fenômeno novo, com forte impacto na economia, o projeto do Bairro Interativo também tem uma agenda de capacitação continuada. 

Imagine uma agenda com labs, oficinas de cocriação e gamificação. Algo itinerante e orgânico. São nestes ambientes que os desafios são apresentados e as soluções apresentadas de forma experimental. 

Eis aí o espírito do Mercados do Futuro. Eis aí a essência do Gestor Netweaver, uma nova profissão, um tecelão de redes, na tradução literal.

 

Central de Comunicação
Bairro Integrativo tem uma central de suporte para a geração de conteúdos e criação de campanhas.

As agências interessadas em somarem forças com o projeto poderão contar com o suporte para que os conteúdos diponibilizados no site do Bairro Interativo esteja alinhado com a proposta editorial com foco no fomento econômico e social inovativo.

À medida que as agendas de gincanas, passeios, eventos e demais ações de impacto social vão surgindo, o site ativará as redes sociais com fóruns e campanhas de social media integrada.

 

 

Agenda
O movimento da Rede Mercados do Futuro está com uma agenda de encontros, fóruns e cafés

Dia 16 de junho - Café Mercados do Futuro

Dia 11 de julho - Fórum Mercados do Futuro

Dias 05 e 06 de outubro - Fórum de Economia Criativa em São Paulo

 

Jornalismo 5.0 & Cidades Criativas

Se você quiser levar ou representar o Bairro Interativo em sua cidade, faça o cadastro que estaremos enviando conteúdos em primeira mão. 

A capacitação em Jornalismo 5.0 & Cidades Criativas é essencial para ativar as redes colaborativas e gerar o movimento por Cidades mais Critivas e Inteligentes

seu melhor email

Comentários

Jornalismo Digital na Nova Economia

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Seu Plano de Carreira e de Negócios na Nova Economia

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

10 Dicas prá ativar grupos no Facebook

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Empreendedorismo prá mudar o Mundo

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Grupo Mercados do Futuro no WhatsApp

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Tecnologia para o bem incomoda muita gente

quarta-feira, 2 de março de 2016

Analista de Inovação: profissão do futuro

domingo, 13 de março de 2016

Lab Mercados do Futuro na Razão Humana

sexta-feira, 22 de abril de 2016

space

 

Top News

Jornalismo Digital na Nova Economia

Quem pensa que o Jornalismo está em baixa, no mínimo, está mal informado. Na Nova Economia esta é uma das profissões mais promissoras. Claro que o mercado editorial impresso ainda tem fôlego, mas o jornalismo digital é a bola da vez. Saiba por que

Josué de Menezes quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

    Leia mais

Seu Plano de Carreira e de Negócios na Nova Economia

O desenho de um plano de carreira na Nova Economia exige muito mais do que ser um profissional altamente especializado. O posicionamento estratégico da sua marca pessoal é um elemento chave para gerar novos negócios e expandir os negócios.

Josué de Menezes quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

    Leia mais

10 Dicas prá ativar grupos no Facebook

Não basta apenas abrir um grupo no Facebook. O importante é mante-lo ativo, vibrante e fazer pulsar conteúdos que somam com a comunidade. Mas para isso temos que ter um contexto real, propostas de valor realmente interessantes.

Josué de Menezes segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

    Leia mais

Inovação e Resultados para Micro e Pequenas Empresas

Chegou a vez das Pequenas e Micro Empresas ativarem suas redes de forma criativa e com foco em resultados. O CTI lança programa de dinamização de ecossistemas de inovação para este segmento. O projeto visa resultados efetivos em faturamento. O desafio é r

Josué de Menezes sábado, 2 de janeiro de 2016

    Leia mais

Empreendedorismo prá mudar o Mundo

Viking Network é um movimento de empreendedores dispostos a somar forças. Empresários de todos os setores criam redes de relacionamento para inspirar a capacitação e a geração de negócios. Paulo Milreu, idealizador do Viking aposta no interior paulista.

Josu� de Menezes sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

    Leia mais

Aplicativo de Caronas estimula Economia Colaborativa

Quando falamos em Economia Colaborativa ou em Economia Criativa, estamos nos referindo a laços de compartilhamento, diálogo e interações. As caronas tem o poder de estimular a aproximação, o convívio amigo. Eis aí uma estratégia para ativar redes.

Josué de Menezes domingo, 31 de janeiro de 2016

    Leia mais

Grupo Mercados do Futuro no WhatsApp

O Grupo Mercados do Futuro estará ativando a Aceleradora Empreendedorismo do Bem, que tem como proposta capacitar pessoas interessadas em fomentar a Nova Economia em suas cidades. Oferecemos aplicativos e soluções para Cidades Criativas e Inovadoras. Opor

Josu� de Menezes sábado, 27 de fevereiro de 2016

    Leia mais

Tecnologia para o bem incomoda muita gente

Saiba por que o bem incomoda muita gente. Serviços mais baratos, rápidos, eficientes e melhores, que solucionam, de fato, os problemas das pessoas, passam a ser um problema para o "Estado".

Josu� de Menezes quarta-feira, 2 de março de 2016

    Leia mais

Analista de Inovação: profissão do futuro

Você é o que compartilha: este é o mantra da Nova Web. Fomentar a economia criativa, a nova economia e a cultura digital em rede são algumas das atribuições deste novo profissional que acreditamos ser uma peça fundamental para levantar o Brasil.

Josu� de Menezes domingo, 13 de março de 2016

    Leia mais

Lab Mercados do Futuro na Razão Humana

Os Lab Mercados do Futuro são encontros de networking onde empreendedores se encontram prá pensar a inovação, em como transformar este valor em mais vendas, mais oportunidades de negócios e expansão das suas empresas, serviços e produtos com a visão da No

Josu� de Menezes sexta-feira, 22 de abril de 2016

    Leia mais

Videos

Empreendedorismo do Bem

Aceleradora de Projetos - Hub de Cultura Digital

Jornalismo Digital

A nova visão do Jornalismo Digital em Rede

Banco de Favores

Empreendedorismo do Bem e Economia Colaborativa

Futurologia

Enxergar além é uma necessidade

Josué de Menezes é jornalista e consultor de marketing digital. Gestor da Aceleradora Mercados do Futuro