People Analytics: desvendando a Matrix

Josu� de Menezes      domingo, 27 de novembro de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

Decididamente, tamanho não é documento no mundo da inovação.

A Integrare é uma Startup incubada no CIATEC - Cia de Desenvolvimento Pólo Alta Tecnologia Campinas.

No entanto, chama a atenção de gigantes internacionais quando o assunto é "People Analytics", conceito que valoriza o Capital Humano como elemento central do sucesso das organizações do futuro. 

Pode apostar, este é tema central que irá ditar o rumo da nova economia. O motivo é muito simples: quem souber pilotar o Software SIMULA, lançado pela Integrare, vai ter o poder de adivinhar o futuro de forma lógica.

Entenda a ferramenta que promete revolucionar o mundo dos Gestores de RHs e dos Jornalistas. O futuro chegou para estas profissões.

Curso People Analytcs integrando pessoas aos negócios

08 de dezembro, quinta feira. Hotel Intercontinental SP

Rafael Silveira e Marco Silveira na apresentação do SIMULA, no CTI - software em apoio ao People Analytics. A Integrare é a "Startup" , empresa de base tecnológica Spin off do GAIA CTI - Grupo de Apoio à Inovação e Aprendizagem Organizacional (GAIA)

 

O Software SIMULA está  pronto para o mercado. O próximo passo da equipe da Integrare é promover a capacitação dos gestores de RH, que além de descobrirem os benefícios do sistema, irão confirmar que estarão sendo capacitados para ocupar um lugar de destaque nas decisões que irão definir os rumos das suas organizações.

A Integrare é a primeira empresa nacional a entrar neste seleto território de titãs. Os jornalistas também serão contemplados com um programa de formação de "Jornalismo 5.0, projeto em parceria com o Mercados do Futuro.

Entenda o que é People Analytics...

Este conceito tem a ver com análises de dados em massa.

Para traduzir em miúdos, um software de Peaple Analytics coleta informações em vários bancos de dados de uma forma automatizada.

Após serem processadas, nos permitem ter acesso às respostas, segundo as inferências relativas a um cenário que está sendo investigado, ou seja, é necessário alimentar o software com indicadores e conteúdos em níveis de relevância. Aí sim, as respostas são reveladas e o futuro começa a ser explorado.

Os modelos matemáticos de um software de People Analytics trabalham de forma lógica, valendo-se dos algoritimos previamente programados para devolver as tais respostas precisas.

A capacidade de processar as informações em várias fontes e obter respostas a partir da simulação de cenários futuros é a chave da adivinhação a qual me referi no início deste post.

Esta é a tradução de um leigo que se depara com o People Analytics.

Segundo Rafael Silveira, "os cientitas de Wharton, escola de negócios da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, chegaram a conclusão que o People Analytcs é uma abordagem quantitativa para melhorar a gestão do capital humano".

 

SIMULA chega no mercado para fazer com que o People Analytics seja mais acessível
Mas temos um detalhe muito importante nessa história: a capacidade do ser humano em lançar as perguntas. 

As perguntas mais interessantes devem ser elaboradas após tecer analogias que, combinadas de forma sistêmica, consigam fazer sentido lógico.

O sofware SIMULA faz isso: processa conteúdos para prever o futuro e indicar caminhos certeiros nas decisões.

O pesquisador Marco Silveira, do CTI - Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, estuda este tema há mais de 20 anos.

Ele revelou o sonho da sua existência no lançamento do Software: transformar o empirismo, ou a percepção subjetiva com relação as competências humanas, em algo lógico, cartesiano e preciso.

Pode parecer algo utópico, mas não é. Sua visão é transformar o intangível do capital humano em tangível, em algo mensurável.

Quando o tema é antever a capacidade produtiva em ambientes de trabalho, o SIMULA entra em cena para ser a ferramenta de referência mundial, espécie de chave da Matrix.

Imagine se os gestores de RH conseguirem trabalhar com um Software de People Analytics de forma a obterem cada vez mais assertividade em suas previsões.

Antever a performance dos profissionais, considerando também os arranjos colaborativos em ambientes de inovação é o grande diferencial que os profissionais de RH terão em mãos.

Principalmente no momento onde a inovação é o "calcanhar de aquiles", o SIMULA aparece como uma solução acessível.

 

O desafio do pesquisador Silveira e do seu parceiro de desenvolvimento, o estatístico Rafael Silveira, finalmente foi realizado e ganha vida com o produto SIMULA.

Em síntese, de repente, os gestores de Recursos Humanos terão como fazer ecoar suas premissas, pois serão eles que vão tecer analogias fantásticas para simular o futuro da produtividade tanto para o cumprimento de metas das organizações, quanto para solucionar os problemas de processos de produção ou tecnológicos, fatores que são mensuráveis.

No Mundo Financeiro a simulação de cenários não é novidade
Imagine que as decisões que envolvem bilhões de dólares são frias e calculistas, com base em desenhos de cenários que envolvem processos e movimentos de mercados, países e sinalizações geopolíticas.

Esse é o modelo vigente no mundo financeiro, que mede os cenários dos mercados.

Mas o SIMULA torna acessível esta lógica para ambientes corporativos, com o grande diferencial da inferência ser centrada no fator humano.

Ou seja, será possível perseguir a meta de quantificar, com a máxima precisão, as contratações, não só em cargos de direção.

O software, ao processar fatores comportamentais no ambiente de trabalho, dá a resposta para que os processos de contratações e retenção de profissionais tenham uma lógica plausível, impactando inclusive, nas formas de exercer a liderança de uma maneira mais flexível em cada projeto.

Ao identificar os reais talentos, é possível antecipar os níveis de desempenho, não mais de forma isolada, mas considerando os ecossistemas das organizações com uma leitura integrada, tornando-as mais ágeis nas soluções dos problemas.

E o desafio da retenção de talentos, outro ponto que gera muito estudo, também será solucionado de forma lógica que o SIMULA propõe.

Tudo depende da capacidade dos gestores de RH em saberem lançar as informações, criar analogias relacionadas ao comportamento humano e tecer conexões entre os dados que a empresa possui mas não são utilizados de forma inteligente, com processamento de big datas.

Gamificação do RH
Como um jogo, os gestores de RH irão alinhar fatores comportamentais para melhorar a performance dos colaboradores, propondo inclusive, ações que possam redundar em melhorias contínuas.

Isso já é uma realidade. No Vale do Silício, a Knack incentiva os funcionários a jogarem videogames.

A lógica é simples: a habilidade de aprender com os erros de forma rápida tem a ver com o traço comportamental de agilidade, persistência, criatividade e estratégia.

Saber "pilotar" o SIMULA será como um "game". O diferencial para propor atividades que possam melhorar a performance e, por consequência, gerar resultados é um dos benefícios.

 

Desafio de lançar Desafios
E é justamente este o momento da Startup Integrare: desafiar profissionais a enxergarem o futuro.

Está programado um Workshop para o dia 20 de outubro, no The Royal Palm Plaza, em Campinas, que irá treinar gestores de RH para usar o SIMULA.

Mas até lá, outro desafio está em curso. Apresentar o SIMULA para os jornalistas.

A tese é que as competências essencias destes profissionais da informação indicam que serão os grandes usuários do Sftware para prever resultados de jogos de futebol, comportamentos do eleitorado, resultados de políticas públicas, dentre outros cenários.

Os jornalistas terão como simular cenários com base em conteúdos estruturados.

Ao descobrirem quais são os fatores de influência nos resultados dos acontecimentos, o nível de credibilidade será cada vez mais elevado, transformando os jornalistas em Gurus. Este é o jornalismo 5.0.

Rafael Silveira, CEO da Startup, lança o desafio para jornalistas que queiram conhecer o SIMULA. Para cada grupo de 12 profissionais serão trabalhados um cenário que será cocriado.

Os profissionais que tiverem o maior nível de assertividade ganharão a licensa de uso do software por um ano e também irão acompanhar a agenda de treinamentos  e Workshops que o Integrare estará promovendo, ou seja, serão experts em People Analytics, uma capacitação muito cara.

Essa é a ferramenta dos sonhos dos jornalistas interessados nos Mercados do Futuro.

E por falar nisso, o blog Mercados do Futuro estará produzindo uma série conteúdos tendo o SIMULA como o grande amuleto.

Os interessados em acompanhar este movimento, preencha o cadastro.

 

Comentários

Jornalismo Digital na Nova Economia

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Seu Plano de Carreira e de Negócios na Nova Economia

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

10 Dicas prá ativar grupos no Facebook

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Empreendedorismo prá mudar o Mundo

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Grupo Mercados do Futuro no WhatsApp

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Tecnologia para o bem incomoda muita gente

quarta-feira, 2 de março de 2016

Analista de Inovação: profissão do futuro

domingo, 13 de março de 2016

Lab Mercados do Futuro na Razão Humana

sexta-feira, 22 de abril de 2016

space

 

Top News

Jornalismo Digital na Nova Economia

Quem pensa que o Jornalismo está em baixa, no mínimo, está mal informado. Na Nova Economia esta é uma das profissões mais promissoras. Claro que o mercado editorial impresso ainda tem fôlego, mas o jornalismo digital é a bola da vez. Saiba por que

Josué de Menezes quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

    Leia mais

Seu Plano de Carreira e de Negócios na Nova Economia

O desenho de um plano de carreira na Nova Economia exige muito mais do que ser um profissional altamente especializado. O posicionamento estratégico da sua marca pessoal é um elemento chave para gerar novos negócios e expandir os negócios.

Josué de Menezes quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

    Leia mais

10 Dicas prá ativar grupos no Facebook

Não basta apenas abrir um grupo no Facebook. O importante é mante-lo ativo, vibrante e fazer pulsar conteúdos que somam com a comunidade. Mas para isso temos que ter um contexto real, propostas de valor realmente interessantes.

Josué de Menezes segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

    Leia mais

Inovação e Resultados para Micro e Pequenas Empresas

Chegou a vez das Pequenas e Micro Empresas ativarem suas redes de forma criativa e com foco em resultados. O CTI lança programa de dinamização de ecossistemas de inovação para este segmento. O projeto visa resultados efetivos em faturamento. O desafio é r

Josué de Menezes sábado, 2 de janeiro de 2016

    Leia mais

Empreendedorismo prá mudar o Mundo

Viking Network é um movimento de empreendedores dispostos a somar forças. Empresários de todos os setores criam redes de relacionamento para inspirar a capacitação e a geração de negócios. Paulo Milreu, idealizador do Viking aposta no interior paulista.

Josu� de Menezes sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

    Leia mais

Aplicativo de Caronas estimula Economia Colaborativa

Quando falamos em Economia Colaborativa ou em Economia Criativa, estamos nos referindo a laços de compartilhamento, diálogo e interações. As caronas tem o poder de estimular a aproximação, o convívio amigo. Eis aí uma estratégia para ativar redes.

Josué de Menezes domingo, 31 de janeiro de 2016

    Leia mais

Grupo Mercados do Futuro no WhatsApp

O Grupo Mercados do Futuro estará ativando a Aceleradora Empreendedorismo do Bem, que tem como proposta capacitar pessoas interessadas em fomentar a Nova Economia em suas cidades. Oferecemos aplicativos e soluções para Cidades Criativas e Inovadoras. Opor

Josu� de Menezes sábado, 27 de fevereiro de 2016

    Leia mais

Tecnologia para o bem incomoda muita gente

Saiba por que o bem incomoda muita gente. Serviços mais baratos, rápidos, eficientes e melhores, que solucionam, de fato, os problemas das pessoas, passam a ser um problema para o "Estado".

Josu� de Menezes quarta-feira, 2 de março de 2016

    Leia mais

Analista de Inovação: profissão do futuro

Você é o que compartilha: este é o mantra da Nova Web. Fomentar a economia criativa, a nova economia e a cultura digital em rede são algumas das atribuições deste novo profissional que acreditamos ser uma peça fundamental para levantar o Brasil.

Josu� de Menezes domingo, 13 de março de 2016

    Leia mais

Lab Mercados do Futuro na Razão Humana

Os Lab Mercados do Futuro são encontros de networking onde empreendedores se encontram prá pensar a inovação, em como transformar este valor em mais vendas, mais oportunidades de negócios e expansão das suas empresas, serviços e produtos com a visão da No

Josu� de Menezes sexta-feira, 22 de abril de 2016

    Leia mais

Videos

Empreendedorismo do Bem

Aceleradora de Projetos - Hub de Cultura Digital

Jornalismo Digital

A nova visão do Jornalismo Digital em Rede

Banco de Favores

Empreendedorismo do Bem e Economia Colaborativa

Futurologia

Enxergar além é uma necessidade

Josué de Menezes é jornalista e consultor de marketing digital. Gestor da Aceleradora Mercados do Futuro